Ferramentas de avaliação crítica de Oxford

Publicado por 1 de Maio de 2022 em

Uncategorised

Contexto 

Ferramentas de avaliação crítica são instrumentos que avaliam se os estudos abordaram claramente a questão proposta, se a metodologia foi adequada, se os resultados encontrados são válidos e se os resultados são aplicáveis em determinada população ou paciente [1]. 

A Oxford-Brazil EBM Alliance traduziu para o português seis ferramentas de avaliação crítica produzidas pelo Centre for Evidence-Based Medicine (CEBM) da Universidade de Oxford. Práticas. Elas são simples e úteis para apoiar o dia a dia na tomada de decisão e para ensinar o processo de avaliação crítica [2]. 

Cada item das ferramentas é respondido com ‘sim’, ‘não’ ou ‘não está claro’ e há um texto explicativo para ajudar no julgamento e a indicação do local do texto onde você deveria encontrar a informação. [2]. O Quadro 1 apresenta as principais características das ferramentas. 

 

Quadro 1. Principais características das ferramentas de avaliação crítica da CEBM Oxford [2]. 

Tipo de estudo analisado  Número de itens  Tempo médio para aplicação da ferramenta  Idiomas disponíveis 
Acurácia diagnóstica  6  5-10 minutos 

 

Inglês, chinês, alemão, lituano, português, espanhol e persa. 
Estudo de prognóstico  4  15 minutos 

 

Inglês, chinês, alemão, lituano, português, espanhol e persa. 
Estudos qualitativos  8  15 minutos  Inglês e português. 
Ensaio clínico randomizado  5  15 minutos  Inglês, chinês, alemão, lituano, português, espanhol e persa. 
Revisão sistemática  6  5-10 minutos 

 

Inglês, chinês, alemão, lituano, português, espanhol e persa. 
Revisão sistemática de dados individuais  7  15 minutos 

 

Inglês e português. 

https://www.cebm.ox.ac.uk/resources/ebm-tools/critical-appraisal-tools

Atividade prática 

Agora que você já conhece os detalhes das quatro principais ferramentas de avaliação crítica, pratique no primeiro estudo que você encontrar e que tenham algum dos delineamentos contemplados pelas ferramentas! 

 

Conclusão  

Um artigo publicado em revista de fator de impacto alto não é sinônimo de alta qualidade metodológica. Manter o pensamento crítico é fundamental para a tomada de decisão. Utilizar ferramentas de avaliação crítica de fácil aplicação elaboradas por um centro como o CEBM ajudam a prática baseada em evidências a se tornar algo do dia a dia.  

 

Autores: Anaisa Raddo Venancio de Souza, Bruno Fernandes Barros Brehme de Abreu, Elisa Grec, Maria Elisa Bertocco Andrade. Alunos da pós-graduação do programa de Saúde Baseada em evidência, Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).   

Supervisoras: Rachel Riera, MD, MSc, PhD. Professora adjunta, Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Carolina de Oliveira Cruz Latorraca, Psicóloga, PhD, Unifesp.   

 

Citar como: Souza ARV, Abreu BFBB, Grec E, Andrade MEB, Latorraca COC, Riera R. Ferramentas de avaliação crítica do CEBM. Estudantes para as melhores evidências (EME) Cochrane. Disponível em: [colar link]. Acessado em [dia, mês e ano].  

 

Referências 

  1. Zeng X, Zhang Y, Kwong JS, Zhang C, Li S, Sun F, Niu Y, Du L. The methodological quality assessment tools for preclinical and clinical studies, systematic review and meta-analysis, and clinical practice guideline: a systematic review. J Evid Based Med. 2015 Feb;8(1):2-10. doi: 10.1111/jebm.12141. PMID: 25594108. 
  2. Centre for Evidence Based-Medicine [website homepage]. Critical appraisal tools. Disponível em: https://www.cebm.ox.ac.uk/resources/ebm-tools/critical-appraisal-tools. Acessado em 20 de abril de 2022. 

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscribe to our newsletter

You will receive our monthly newsletter and free access to Trip Premium.