Hot Stuff Bias (Viés da Moda)

Publicado por 23 de Maio de 2022 em

Uncategorised

Contexto 

Alguma vez você já pensou como seria legal e importante termos pesquisas robustas sobre assuntos que estão em alta no momento? É esse o pontapé inicial do pensamento, não só de curiosos e profissionais da área, como também dos próprios pesquisadores e editores.  

E é esse também o motivo pelo qual precisamos falar sobre Hot Stuff Bias, traduzido para o português como “Viés da Moda”. Mas antes de falarmos sobre o nosso tema principal, vamos relembrar o que é viés.  

Viés é um erro sistemático que pode ocorrer durante o delineamento, a condução, a análise e/ou o relato de um estudo, levando a resultados e conclusões diferentes ou distorcidos em relação à realidade [1]. São vários os tipos de viés, e eles são catalogados pelo Centro de Medicina Baseada em Evidências de Oxford. Mais informações sobre esse catálogo podem ser obtidas em nosso post: https://eme.cochrane.org/catalogo-de-vieses/ [2].  

Definição  

O “Viés da Moda” ocorre quando estudos que abordam temáticas populares acabam recebendo um olhar menos crítico de pesquisadores e editores, tentados a publicar um tópico que está na moda. Neste tipo de viés, assuntos que recebem muita atenção na mídia atraem pesquisadores que buscam informações para responder aos questionamentos, sem aderir a padrões críticos rigorosos para publicação de estudos. Assim, a tendência é de confirmação de outros estudos e não a refutação, uma vez que, por conta do viés de publicação, resultados negativos têm menor probabilidade de serem publicados [3]. 

A crítica limitada e o entusiasmo elevado em determinado assunto pode levar à publicação inadequada de resultados de pesquisas (ou opiniões). As publicações, então, podem ser precoces, em grande número e/ou receberem com maior destaque, deixando de  lado a robustez metodológica e a confiabilidade nos resultados do estudo [3]. 

Exemplos  

A pandemia de Covid-19 foi um tema muito popular que recebeu, com razão, bastante atenção e dedicação científica. No entanto, a grande quantidade de estudos publicados a respeito da nova doença não foi apenas a fim de suprir a urgente busca por respostas para apoiar a tomada de decisão em saúde, mas também potenciais ganhos pessoais e acadêmicos inerentes à publicação rápida sobre esse tópico “da moda”. Assim, estudos conduzidos com métodos questionáveis, com amostra insuficiente e hipóteses improváveis foram publicados, comprometendo decisões políticas e de saúde pública (como a criação de protocolos de intervenção) importantes não só no Brasil, mas em várias partes do mundo.  

Outros exemplos de viés da moda importantes para nossa contemporaneidade são as vacinas e seus possíveis efeitos adversos, o uso das estatinas como opção de prevenção de inúmeras situações clínicas e o uso de derivados da cannabis e seus análogos sintéticos como possível intervenção terapêutica. 

Conclusão 

Pesquisadores, profissionais e alunos da área da saúde, editores e revisores de periódicos devem permanecer imparciais ao ler, avaliar e interpretar um estudo e devem fazer isso de modo sistematizado e transparente, independente da popularidade do tema abordado. 

 

Autores: Milena de Oliveira Martins Kis, Rafael Silva Prado, Solange Rosanir de Lima e Zaqueu Caetano, alunos de graduação da Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).  

 

Supervisora: Rachel Riera, MD, MSc, PhD. Professora adjunta, Disciplina de Medicina Baseada em Evidências, Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).     

Citar como: Kis MOM, Prado RS, Lima SR, Caetano Z, Riera R. Hot Stuff Bias (Viés da Moda). Estudantes para Melhores Evidências. Cochrane. Disponível em: [adicionar link da página da web]. Acessado em: [adicionar dia, mês e ano de acesso].  

 

Referências 

[1] Miquel Porta. A Dictionary of Epidemiology: A Handbook Sponsored by the IEA. Sixth Edition; 2014. 

[2] Sá KMM. Catálogo de vieses. Estudantes para Melhores Evidências. Cochrane. Disponível em: https://eme.cochrane.org/catalogo-de-vieses/. Acessado em 08 de maio de 2022. 

[3] Catalogue of Bias Collaboration, Aronson JK, Bankhead C, Nunan D. Hot stuff bias.In: Catalogue Of Bias 2017. Versão original disponível em: https://catalogofbias.org/biases/hot-stuff-bias/. Versão em POrtuguês disponível em: https://oxfordbrazilebm.com/index.php/vies-da-moda/. Acessado em 11 de maio de 2022.  

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscribe to our newsletter

You will receive our monthly newsletter and free access to Trip Premium.